sexta-feira, 19 de novembro de 2010

RENDA DOS NEGROS CRESCEU O DOBRO DA RENDA DOS BRANCOS



A massa de renda da população negra brasileira atingiu, este ano, R$ 544 bilhões, segundo pesquisa do Data Popular. Desde 2007, a renda média per capita do negro cresceu 38% - o dobro da renda média do branco, que teve alta de 19% no mesmo período.
Segundo Renato Meirelles, sócio-diretor do instituto de pesquisa, o crescimento é resultado do aumento da renda da população da base da pirâmide de renda do país: “tem mais negros nas classes C e D, que teve aumento maior de renda que nas classes A e B [no período analisado]”, afirmou ele ao G1.
O acesso dessa fatia da população aos bens de consumo também tem registrado alta. Em 2001, 63% tinham televisão. Este ano, o percentual alcançou 98%. A posse de geladeira também cresceu de 56% para 97% no mesmo período.
“O mercado que essa parcela da população representa é muito grande e não pode ser ignorado”, aponta o executivo. “É um mercado que merece ser tratado com todo respeito, não basta usar um garoto propaganda negro, é preciso entender as referencias culturais, a história. Se consolidou o fato de que não é possível mais ter preconceito no Brasil”, diz.
Apesar do crescimento da renda da população negra, a disparidade no país segue grande. Na classe A, apenas 17,6% são negros. Na classe C, essa fatia corresponde a 39, 3%, enquanto na E os negros compõem 70,7% do total.
“Em 10, 15 anos talvez você comece a ter uma situação mais próxima de igualdade, mas falta muito ainda”, diz Meirelles.
Do G1

TRF DA 5ª REGIÃO DERRUBA DECISÃO QUE DETERMINAVA REAPLICAÇÃO DE PROVA DO ENEM

O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), Luiz Alberto Gurgel de Faria, derrubou agora há pouco a liminar da juíza federal Karla Maia que determinava que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fosse reaplicado a todos os estudantes que se sentissem prejudicados pelas falhas na aplicação da prova.Em sua decisão, Faria ressaltou a iminência do dano à ordem pública na possibilidade de realização de novo exame. Ele argumentou que não há controle objetivo por parte da Administração Federal do efetivo prejuízo sofrido pelos candidatos, o que deixa a avaliação “à mercê, portanto, da vontade dos mesmos”.O desembargador também afirmou que a alteração do cronograma fixado pelo Ministério da Educação (MEC) implicaria em atraso na conclusão do Enem 2010 “circunstância por demais relevante”, uma vez que diversas instituições de ensino superior utilizarão as notas da prova na seleção de ingresso dos novos alunos.Por fim, o magistrado disse ser “inadmissível que paixões a teses jurídicas venham aflorar e contaminar o Judiciário, a ponto de se pretender a reforma da decisão anteriormente proferida por quem não possui competência para tanto, trazendo insegurança jurídica para milhões de jovens atônitos (e suas famílias) à espera da definição das respectivas situações escolares”.Ontem (17) a juíza Karla Maia concedeu uma liminar para que todos os candidatos do Enem que foram prejudicados pelos erros nas provas amarelas e nas folhas de resposta pudessem refazer a avaliação. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal no estado, que já havia solicitado a anulação do exame.Com a decisão do desembargador da 5ª Região (TRF-5), Luiz Alberto Gurgel de Faria, volta a valer a medida do Ministério da Educação (MEC) de reaplicar o Enem apenas para um grupo restrito de alunos que recebeu cadernos de prova amarelos, que não continham todas as 90 questões por um erro de montagem. Fonte: Agência Brasil

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE SÃO SEBASTIÃO



DIAS:

03/12 – sexta-feira8h - Solenidade de aposição de placa do nome da Prefeitura Municipal de Equador para Palácio Municipal José Marcelino de Oliveira
16h - Sessão solene na Câmara Municipal em homenagem ao centenário de nascimento de José Marcelino de Oliveira.

22h – o Grande Encontro da Seresta com Crizaldo e Urano no Centro Educacional Sociocultural de Equador (CESE)

04/12 – Sábado19h - Novena em homenagem ao centenário de nascimento do senhor José Marcelino de Oliveira
22h - Festa na Praça de Eventos Zequinha Sanfoneiro com Banda Ariaxé e Canindé Moreno, patrocinada pela Prefeitura Municipal de Equador. 05/12 – Domingo12h - Leilão de São Sebastião em frente à Matriz.
16h - Procissão, saindo da Igreja Matriz percorrendo as ruas da cidade e retornando para a Matriz, onde acontece o desfile das candidatas da festa e sorteio de prêmios em frente à Matriz.
22h - Festa na Praça de Eventos Zequinha Sanfoneiro, com as bandas Passageiros do Forró e Mibanda. Patrocinada pela Prefeitura Municipal de Equador.

JIU-JÍTSU DE EQUADOR CONQUISTA 16 MEDALHAS



Edione Nóbrega


O dia 14 de novembro foi, realmente, diferente para os atletas equadorenses da Academia Poderoso Dragões/Brasa de Jiu-Jítsu. Eles conquistaram 16 medalhas no V Open Torre Forte de Jiu-jítsu, realizado na cidade de Currais Novos. Para os atletas de Equador essa é uma grande vitória, pois só demonstra o quanto esse esporte tem crescido e formado grandes campeões.

A maior prova disso é o resultado conquistado no final da prova. A comitiva representada por 16 atletas, conquistou para Equador 16 medalhas, incluindo duas na categoria Absoluto, onde competem todos os pesos.”Além do mais, com os pontos conquistados pelos nossos guerreiros, a Brasa Clube de Jiu-Jítsu conquistou a 3ª colocação na classificação geral entre as academias no evento”, afirma o atleta Elenilson Balduíno.
O destaque de Equador foi o atleta Jarbas Bezerra, Campeão na categoria Médio-Pesado Faixa Branca e 2º colocado no Absoluto, tendo vencido quatro lutas consecutivas. Outro grande resultado foi a graduação do atleta Diego Rian, que vencendo sua categoria recebeu a faixa azul.

“Para nós atletas o apoio incondicional da Prefeitura Municipal de Equador é sempre muito bem-vinda nesse momento, pois foi cedido um ônibus, garantindo aos atletas uma viagem tranqüila e confortável”, finaliza Elenilson.


RESULTADOS


. Elenilson Balduino - 3º lugar na categoria pesado faixa azul
. Leonardo Cristino - 3º lugar na categoria pena faixa azul
. Jarbas Bezerra - campeão categoria médio-pesado e 2º colocado no absoluto faixa branca
. Estanislau Júnior - campeão categoria leve e 3º colocado no absoluto faixa branca
. Diego Rian - campeão categoria juvenil leve e 4º colocado no absoluto faixa branca
. Rodolfo Ramon - campeão categoria pesadissímo faixa branca
. Lucas Nobrega - vencedor da luta casada juvenil leve faixa branca
. Diogenes Araujo - vencedor da luta casada infantil faixa branca (até 46kg)
. João Vinicius - 2º lugar, luta casada infantil faixa branca (até 56kg)
. Josias José - 2º lugar, luta casada infantil faixa branca (até 46kg)
. Wellington Bulcão - 2º lugar, luta casada infantil (até 49kg)
. Paulo Raeli - 2º lugar, luta casada infantil (até 38kg)
. Brendo Bezerra - 2º lugar, luta casada mirim (até 40g)
. pedro henrique - 2º lugar, luta casada mirim (até 32kg)

PREJUDICADOS DO ENEM TERÃO DIREITO A NOVA PROVA



Os estudantes que se sentirem prejudicados pelas falhas na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão fazer uma nova prova. É o que garante a liminar concedida, nesta quarta-feira (17), pela juíza Karla de Almeida Miranda Maia, da 7ª Vara Federal do Ceará.De acordo com a decisão judicial, os candidatos prejudicados pela inversão da ordem do cabeçalho do cartão-resposta e aqueles que fizeram o exame com o caderno de provas de cor amarela, no qual havia erro de impressão e montagem, podem fazer um novo teste. Para isso, precisam apenas preencher um requerimento administrativo no site do próprio Enem“Este juízo da 7ª Vara entende que cada estudante prejudicado por essas falhas, seja a inversão da ordem do cabeçalho do cartão-resposta, seja o erro de impressão no caderno de prova da cor amarela, merece ter assegurado o direito subjetivo de se submeter a uma segunda prova, se assim o requerer junto à organização do evento”, afirma a Karla Miranda Maia, na sentença.A liminar atendeu a uma solicitação do Ministério Público Federal (MPF). A juíza determinou também que o prazo para o requerimento fosse estendido até as 23h59 do dia 26 deste mês, conforme horário de Brasília. O prazo se encerraria às 23h59 de sexta-feira (19). A prorrogação, segundo a decisão da juíza, é para garantir a eficácia da liminar.

DEPUTADOS QUEREM APROVAR AUMENTO DOS PRÓPRIOS SALÁRIOS

Os parlamentares deverão aprovar o aumento no valor de seus próprios salários até o final do ano. O vice-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), propôs a criação de um grupo de trabalho para analisar as propostas em discussão. A pressão na Câmara é para equiparar os salários dos parlamentares com o dos ministros do Supremo Tribunal Federal, atualmente de R$ 26,7 mil. No entanto, há um projeto na Câmara, enviado pelo Supremo e a espera de votação pelos deputados, elevando esse valor para R$ 30,6 mil.“O tema dos salários está na pauta. Há intenção dos líderes de pautar o tema até o final do ano, mas não há ação mais concreta”, afirmou Maia. Ele disse que a proposta é fazer o reajuste salarial dentro do Orçamento da Casa. Para isso, uma das sugestões é reduzir o valor da verba de gabinete de R$ 60 mil, que cada deputado tem para pagar funcionários contratados sem concurso público.Para evitar críticas e desgaste político, outra alternativa em estudo pelos deputados é o corte de parte dos benefícios, como as verbas usadas com passagens aéreas e com telefone. A equiparação dos salários dos parlamentares com os dos ministros do STF significa um aumento de 61,83%.Junto com o salário dos parlamentares, a ideia é também elevar o salário dos ministros e do presidente da República, atualmente de R$ 11.420,21 brutos, o menor salário entre os chefes dos três Poderes. Deputados e senadores recebem R$ 16,5 mil por mês. Os ministros, R$ 10,4 mil. Em 2007, os parlamentares reajustaram seus salários em 28,5%, que repunha a inflação acumulada de quatro anos. Foi o último aumento concedido ao presidente e ministros.O reajuste salarial foi discutido em almoço do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), com os integrantes da Mesa Diretora, depois da manifestação dos líderes partidários a favor do aumento, na terça-feira.

PT NÃO ACEITARÁ PROVOCAÇÃO, DIZ LULA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que vê “com tranquilidade” a formação do bloco, na Câmara, de 202 deputados, integrado pelo PMDB,PP, PR, PTB e PSC. Mas deixou claro que o bloco ainda não está consolidado e que o PT não aceitará provocações. “A política é como o leito de um rio. Se a gente não for um desmancha-ambiente, a gente deixa a água correr tranquilamente e tudo vai se colocando de acordo com o que é mais importante. Se as pessoas tentam, de forma conturbada, mexer na política, pode não ser muito bom. Eu acho que a hora é dos partidos começarem a discutir, porque tem 48% de renovação na Câmara, tem (renovação) no Senado, quem é que vai ser presidente da Câmara, quem é que vai ser do Senado”, declarou Lula. “Acho que o papel dos partidos é conversar”, afirmou. O objetivo do PMDB em articular o bloco com partidos da base aliada era isolar o PT na Câmara e deixar Dilma refém dos interesses dessas legendas. Lula disse que não o assusta a posição do PMDB de exigir mais cargos do que possui hoje no Ministério. “O papel dos partidos agora é de conversar, conversar e conversar. Porque tem muita coisa para ser feita e quando começar, nós temos de votar reforma política. Temos de começar a debater isso”, afirmou.Para Lula, o importante é que o País está vivendo uma situação de “tranquilidade”. E sobre o apetite dos partidos políticos em relação aos cargos, afirmou: “a eleição da Dilma foi uma coisa importante para o Brasil. Pelo fato de ela ser mulher é uma coisa extremamente importante, é algo a mais”.

PT REAGE À ARTICULAÇÃO DO PMDB



O PT adotou a estratégia de minar, na base, a tática do PMDB de formar um blocão com outros quatro partidos aliados para exigir espaço no primeiro escalão do governo e isolar o partido na disputa pela presidência da Câmara Após reuniões da cúpula petista que atravessaram a madrugada de ontem, o PT avaliou que o PMDB não sustentará a formalização do bloco com 202 deputados, como anunciou na terça-feira, com o PR, o PP, o PTB e o PSC. Mesmo assim, setores do PT chegaram a fazer cálculos e concluíram que, se necessário, poderiam buscar outros partidos da base, PSB, PDT, PCdoB, PV, PMN e outras legendas menores, e formar outro bloco com um número maior de deputados. A reação mostra a guerra fria existente entre PT e PMDB pela hegemonia de poder na Casa e no governo da futura presidenta Dilma Rousseff.A segurança do PT em desativar a arma peemedebista veio com as manifestações de dirigentes partidários, como do ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento (PR), e do ex-presidente do partido deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), e de integrantes da cúpula das outras legendas, discordando da criação do blocãoO líder do PP, João Pizzolatti (SC), concordou em integrar o bloco com o PMDB, com a condição de que o discurso bélico fosse amenizado, depois de constatado que, na bancada, nem todos concordam em afrontar o governo. “Não há nada contra o governo, nada contra o PT nem o compromisso para eleição da presidência da Câmara. O bloco é para garantir espaço no Legislativo”, declarou Pizzolatti. O PMDB, com o blocão, ameaçava deixar o PT fora do comando da Casa no próximo mandato.“Quiseram (o PMDB) colocar a faca no nosso pescoço, mas eles não têm força para isso. Nós concluímos que o melhor era trabalhar dentro dos partidos e deixar o PMDB com a brocha na mão. O bloco durou apenas algumas horas. Agora, o PMDB terá de vir conversar conosco em outros termos”, disse um dirigente petista, que participou de diversas reuniões do PT e com integrantes do governo.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

CULTURA POPULAR, GRANDE ATRAÇÃO NO ENCERRAMENTO DA II SEMANA DA JUVENTUDE



Edione Nóbrega
O encerramento da II Semana da Juventude de Equador, no último sábado, deixou saudades! Foi uma noite de muita animação e de grandes apresentações culturais com artistas da terra. O prefeito do município Dr. Vanildo Fernandes fez a abertura oficial do evento e logo em seguida uma aula cultural tomou conta da Praça de Eventos Zequinha Sanfoneiro.
A primeira atração ficou por conta do Grupo de Hippe Hop do Alto da Bela Vista. Em seguida a cantora Taíse da Carneira, vencedora do concurso A Mais Bela Voz de Equador, soltou a voz e foi aplaudida pela multidão que assistia a apresentação. A terceira apresentação da noite ficou por conta do Projovem que apresentou a dança Construindo Identidades, uma linda apresentação que emocionou o público presente.
Mas a grande atração da noite ficou por conta do Boi do Catrocé que apresentou a dança folclórica do Boi Bumba que homenageou os índios brasileiros. Em seguida o grupo do forró Pegada Envolvente fez com que todos tirassem o pé do chão cantando o que há de melhor nas paradas musicais do forró.
A noite se estendeu com apresentações de cantores da cidade como Hugo Paulino, Robson Sabino e a belíssima apresentação da peça teatral intitulada “Segura a Minha Mão” com o grupo Amigos do Shalom e o momento mais esperado pelos jovens da noite foi a apresentação da Banda Reset que animou e transformou, o que seria uma simples apresentação no encerramento da II Semana da Juventude de Equador, em uma boa e animada BALADA.

FPM terá aumento de 18% em dezembro, prevê CNM

Uma notícia boa para os prefeitos... No próximo dia 10, os Municípios receberão o repasse referente ao aumento de 1% do FPM. Já a previsão do valor total do FPM do mês de dezembro é de crescimento em torno de 18% sobre o que será efetivado em novembro deste ano. O repasse extra as Prefeituras foi uma das conquistas do movimento municipalistas e serve para auxiliar os prefeitos principalmente no pagamento ao 13° salário dos servidores municipais. E a estimativa do 1% do FPM indica que a arrecadação total do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Imposto de Renda (IR) chegue a R$ 228,7 bilhões até o final do ano. Como o 1% do FPM é calculado sobre a arrecadação total destes dois impostos de dezembro de 2009 a novembro de 2010 o valor fica bem próximo ao desta estimativa.

Veja quanto cada Prefeitura do Seridó receberá até o final de dezembro do Tesouro Nacional

Para o leitor do Blog acompanhar quanto cada Prefeitura do Seridó receberá em dezembro, sendo o repasse de 1% do FPM e as três parcelas do fundo mensal é só conferir abaixo:

  • Caicó - R$ 820.569,28 (1%) - R$ 1.796,566,89
  • Currais Novos - R$ 615.426,96 (1%) - R$ 1.347.425,17
  • Parelhas - R$ 410.284,64 (1%) - R$ 898.283,45
  • Jucurutu - R$ 410.284,64 (1%) - R$ 898.283,45
  • J. Piranhas - R$ 341.903,87 (1%) - R$ 748.569,54
  • Acari - R$ 273.523,00 (1%) - R$ 588.855,63
  • Cerro Corá - R$ 273.523,00 (1%) - R$ 588.855,63
  • J. Seridó - R$ 273.523,00 (1%) - R$ 588.855,63
  • Lagoa Nova - R$ 273.523,00 (1%) - R$ 588.855,63
  • Bodó - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Carnaúba - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Cruzeta - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Equador - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Florânia - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Ipueira - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Ouro Branco - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Santana - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • São Fernando - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • São João - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • São José - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • São Vicente - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Serra Negra - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Tenente - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72
  • Timbaúba - R$ 205.142,32 (1%) - R$ 449.141,72

Revista Veja inclui Garibaldi pai na bancada dos novos senadores “sem-votos” que tomarão posse em janeiro

Enquanto o senador Garibaldi Filho (PMDB) foi o campeão de votos com mais de 1 milhão de sufrágios nas urnas 2010, seu pai, o suplente Garibaldi Alves de 86 anos, que vai virar senador daqui a 45 dias é considerado um "sem-voto". A definição é da revista Veja, que circula em todo Brasil no final de semana.
Com a matéria "A bancada dos Sem-votos", a revista noticia que cinco suplentes assumirão quatro anos de mandato, já que seus titulares foram eleitos

Com a matéria "A bancada dos Sem-votos", a revista noticia que cinco suplentes assumirão quatro anos de mandato, já que seus titulares foram eleitos governadores. A matéria também especula que outros seis senadores poderão virar ministros e ceder a vaga para seus suplentes. Garibaldi Alves, pai de Garibaldi Filho é listado entre esses parlamentares que assumirão definitivamente a cadeira no Senado Federal

Governadora eleita fica em 5º nas doações ocultas

A governadora eleita, Rosalba Ciarlini (DEM), aparece em quinto lugar entre os candidatos aos governos dos estados com substancial receitas proveniente das chamadas doações ocultas. O levantamento é do jornal Folha de São Paulo, que apontou uma soma de R$ 3.676.000,00 para o caixa de campanha da senadora democrata pela via oculta. Segundo a reportagem, a então candidata do DEM recebeu 65,1% do que arrecadou desta maneira. A maioria veio do comitê financeiro do seu partido, cujo maior doador é a construtora EIT. A empresa não aparece nas doações de Rosalba, mas doou R$ 1,1 milhão ao comitê do DEM no Estado – que por sua vez doou mais da metade do que arrecadou à candidata.Coincidência ou não a EIT é a mesma construtora que venceu a licitação para executar as obras da Adutora Alto Oeste, a maior do RN. A obra está entre as apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) como uma das que possuem irregularidades graves país afora. O advogado da governadora eleita, Thiago Cortez, disse que achou a reportagem do jornal Folha de São Paulo contraditória, uma vez que, ao seu ver, a própria reportagem identificou os doadores da campanha. “Foi tudo declarado na prestação de contas do DEM e de Rosalba Ciarlini. Não há nenhuma força oculta”, ressaltou. Ele disse também que não vê problema em a então candidata receber recursos de empresas como a EIT, que dispõe de obras no governo estadual com problemas junto ao TCU. “A campanha avalia se a empresa se encaixa dentro do que permite a lei eleitoral. Não há impedimento nenhum”, assinalou.Apesar de serem obrigados a prestar contas de suas receitas, os 18 governadores eleitos no primeiro turno arrecadaram cerca de 38% de suas doações de forma oculta, ou seja, via partidos ou comitês financeiros, o que torna impossível identificar a origem do dinheiro. O montante representa R$ 120 milhões, de um total de R$ 318 milhões arrecadados pelos governadores. O percentual da governadora eleita do Rio Grande do Norte de 65,1% de doações ocultas, como se vê, foi acima da média nacional. Fonte: Tribuna do Norte

Equipe de transição deve começar trabalho hoje

A equipe de transição da governadora eleita Rosalba Ciarlini (DEM) dá início hoje aos trabalhos de coleta de informações a respeito da estrutura do governo. Os dados serão repassados pela equipe do atual chefe do Executivo, Iberê Ferreira de Souza (PSB). Os seis profissionais designados por Ciarlini, sob a coordenação do engenheiro Obery Júnior, reúnem-se antes com o chefe do Gabinete Civil, Luiz Cláudio Macedo, para definir os primeiros passos da transição. “O governo que está saindo se predispõe a apresentar as informações a respeito da estrutura, dos programas que estão em andamento, das questões orçamentárias e financeiras e nós vamos detalhar exatamente isso”, afirmou Obery.
Luiz Cláudio Macedo vai receber os pedidos de informação da equipe de transição de Rosalba
Ele disse ainda que a equipe de transição da governadora eleita ainda está elaborando uma metodologia interna para definir as áreas e segmentar as informações. “O perfil dos membros da comissão é técnico. Não tem especialista na área de educação, de segurança, enfim, o que nós vamos fazer é tratar essas informações genéricas porque elas são semelhantes para todas as áreas do governo”, observou ele.O coordenador assinalou também que no primeiro momento da transição será feito um apanhado dos programas e contratos em andamento ou que já foram executados. Em um segundo momento serão definidas as ações de uma forma mais precisa e outros profissionais especialistas devem ser chamados para somar no trabalho.A governadora eleita optou por uma “solução caseira” para coordenar a equipe de transição. O coordenador, Francisco Obery Rodrigues Júnior, foi secretário de Planejamento da Prefeitura de Mossoró e atualmente exercia o cargo de assessor técnico do gabinete da senadora do DEM. Outros cinco nomes que integrarão a equipe de transição são o advogado Thiago Cortez, o engenheiro João Augusto Melo, o contador Frederico Lara, o deputado estadual Paulo Davim (PV) e o engenheiro Ricardo Marinho.Na equipe é possível identificar algumas indicações políticas. João Augusto da Cunha Melo, engenheiro civil, é irmão de José Maria Melo, fiel escudeiro do senador Garibaldi Filho (PMDB). Mas ele é considerado da cota pessoal do senador José Agripino Maia. João Augusto foi presidente da Cohab no último governo de Agripino. Já na gestão Wilma de Faria, por indicação do senador do DEM, foi diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos. Fonte: Tribuna do Norte