quinta-feira, 8 de outubro de 2009

PREFEITURA MUNICIPAL DE EQUADOR NÃO TEM CONVÊNIO COM A UVA



Edione Nóbrega

É do conhecimento de um grupo de nove professores do município de equador que estuda desde agosto de 2008, na Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, que a Prefeitura não tem nenhum tipo de convênio com a universidade e que os vereadores da oposição, antes de publicar uma notícia comprometedora, chequem a veracidade da informação.
De acordo com a aluna e professora, Maria Aparecida Alves, que falou em nome do grupo, o erro vem desde o ano passado, quando o ex-gestor se comprometeu em pagar seis meses de mensalidade e, em janeiro deste ano, quando foram renovar as matrículas foram impedidas devido ao débito existente. Foi aí que o atual prefeito de Equador, Vanildo Fernandes, se comprometeu e pagou duas das cinco parcelas atrasadas de 2008 e os alunos pagaram as três restantes.
O contrato existente com a universidade é em nome dos alunos e não da Prefeitura. Maria Aparecida procurou ontem a assessoria de comunicação da Prefeitura e disse que há algum tempo vem negociando com a prefeitura um acordo financeiro. “Nós ficamos preocupadas quando vimos a reportagem no jornal, pois a Prefeitura não tem nenhum convênio com a UVA, pelo contrário, nós conseguimos, na última terça-feira, um acordo em que a atual administração, dentro das possibilidades vai contribuir e complementar nossas mensalidades e nós – os alunos - arcamos com o restante. Em momento algum foi dito por nenhuma de nós as informações contidas na reportagem do Jornal Equadoense e nem autorizamos a ninguém falar em nome do grupo” afirma Aparecida.
A professora disse ainda que lamenta muito tudo o que está acontecendo e que mais uma vez o uso político da informação abusou e pegou “pesado” passando para uma comunidade informações mentirosas e sem respaldo nenhum. “Muitas vezes uma notícia mal informada atrapalha, e muito, a vida de quem está envolvido, no caso nós estudantes que não temos nada a ver com isso íamos responder por uma mentira perigosa”, conclui.

DEPUTADO ANTONIO JÁCOME VISITA MUNICÍPIO DE EQUADOR



Edione Nóbrega

O deputado estadual Antonio Jácome esteve em equador no último dia 30 e foi recebido pelo vereador José Dirceu. O que seria uma visita de cortesia tornou-se um compromisso político, pois de acordo com Dirceu inúmeras solicitações foram feitas ao deputado. Em sua bagagem de volta à capital potiguar o deputado levou pedidos do vereador Dirceu como: uma cópia de requerimento de sua autoria, protocolado na Câmara Municipal sob o número 042/2009 que solicita da Secretaria de Saúde uma ambulância para o hospital e, ainda, outro requerimento de número 040/2009 que solicita a reforma do prédio da Delegacia, uma viatura e aumentar o número de policiais no município de Equador. O vereador cobrou também do deputado, que ele cobre junto ao Governo do Estado urgência nos serviços da estrada que liga Equador a Parelhas e de acordo com o deputado, os pleitos do vereador serão levados à governadora, ainda essa semana,

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Além de Carlos Luppi, Henrique e Garibaldi também prestigiaram posse de Carlos Eduardo ao PDT

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves tomou posse nesta segunda-feira (5) na presidência regional do Diretório do PDT. Além da presença do presidente nacional da sigla, o ministro do Trabalho, Carlos Luppi, do senador Garibaldi Filho, o prefeito de Parnamirim, Maurício Marques e o ex-prefeito Agnelo Alves, uma presença também deu o que falar: a do deputado Henrique Eduardo Alves, primo de Carlos Eduardo, mas que não se dava muito bem politicamente com o ex-prefeito de Natal.

A solenidade de posse aconteceu na Assembléia Legislativa, onde o deputado Álvaro Dias transmitiu o cargo, como adiantou antes mesmo da filiação de Carlos Eduardo ao PDT. Álvaro aproveitou para convocar os militantes para lutar pela vitória de Carlos Eduardo ao Governo e reafirmou apoio à reeleição de seu antigo aliado. "Garibaldi, você será de novo senador, com o nosso apoio e a nossa luta", disse. Do Seridó, o ex-vice-prefeito Júnior Germano e o vereador Leleu Fontes (Caicó) e o ex-prefeito Dilvan Monteiro (Serra Negra do Norte).

UNIÃO DE MUNICÍPIOS DEVE CRIAR O CONSÓRCIO G5 NA REGIÃO

Alguns municípios do Seridó estão se articulando e podem formar nos próximos dias um Consórcio. A informação foi confirmada ao Blog pelo prefeito de Parelhas, Francisco Medeiros (PT). Inicialmente participariam os municípios de Parelhas, Jardim do Seridó, Santana do Seridó, Carnaúba dos Dantas e Equador, com a possibilidade de inclusão de outras cidades.
O objetivo, de acordo com Francisco Medeiros é criar força para facilitar a vinda de convênios e recursos do Governo Federal. Os prefeitos chegaram à conclusão de que a liberação de muitas obras, principalmente as do Plano de Aceleração do Crescimento, é mais fácil quando destinadas para Consórcios de Municípios.Francisco minimiza as especulações de que a criação do Consórcio G5 seria uma forma de disputar com as duas Associações de Municípios já existentes na região do Seridó.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

ADMINISTRAÇÃO ENTRA O 10º MÊS DO ANO COM FOLHA DE PAGAMENTO EM DIA



Edione Nóbrega

A Prefeitura Municipal de Equador, através da administração do prefeito Vanildo Fernandes, entra para o décimo mês do ano com todas as contas em dia, inclusive a primeira parcela do 13º salário dos servidores paga. Os servidores tem o recebimento de salários rigorosamente em dia.
Para o atual prefeito o pagamento dos servidores é uma prioridade na sua administração, e de acordo com Vanildo Fernandes não é fácil ter essa folha, tanto de pagamento dos servidores, como dos prestadores de serviços e dos fornecedores em dia, pois é do conhecimento de todos que os municípios vem enfrentando grandes dificuldades com a redução do Fundo de Participação dos Município (FPM).
Além de manter a folha de pagamento rigorosamente em dia a atual administração reajustou o salário dos professores adequando o novo piso salarial imposto pelo Governo Federal. A iniciativa da atual administração serve como estímulo para o crescimento da educação municipal e da administração como um todo.

IBERÊ E FELIPE MAIA SÃO RECEBIDOS POR NILTON MEDEIROS EM JANTAR COM A PRESENÇA DE TODO SISTEMA GOVERNISTA



O vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) e o deputado federal Felipe Maia (DEM) dividiram as atenções na última noite do Pavilhão da Festa do Divino Espírito Santo, em Ouro Branco. Lá, foi recebido pelo prefeito Nilton Medeiros (PTB). Juntos, participaram da última novena em honra ao padroeiro da cidade e em seguida entregou uma nova viatura 0 km, modelo Parati, para equipar a Polícia Militar.
Do jantar ainda participaram o prefeito de Equador, Vanildo Fernandes (PDT) e os vereadores Antônio Carlos Dantas (Rafael Godeiro) e Erivaldo Medeiros, o Didi (Assu). Após o jantar, todos participaram do "Pavilhão do Divino", que estava lotado para os shows das bandas Forró Aryaxé e Bichinha Arrumada, de Pernambuco. "Já disse a Nilton e ele está vendo o que é necessário e dentro da possibilidade do Governo, nós estamos prontos para ajudar. Fui votado aqui minha vida toda e não posso deixar de ter um tratamento diferenciado com Ouro Branco", disse Iberê ao comentar algumas obras que prometeu conseguir quando assumir o Governo em Abril.
Ainda na noite festiva em Ouro Branco, o prefeito Nilton Medeiros recebeu Iberê e Felipe em jantar, que reuniu o ex-prefeito Zé Braço (PR), o presidente da Câmara, Ediwilson Azevedo (PTB) e os vereadores Júnior Nogueira (PCdoB), Jerônimo Turica (PR), Rogério Lucena (PTB), Iranildo Souto (PMDB) e o líder José de Luzia (PTB), que também representou o vereador Chico Garofa (PTB), que não pode comparecer, assim como o vice-prefeito Amariudo dos Santos (PTB), ambos com problemas de saúde

domingo, 4 de outubro de 2009

ÉTICA NO JORNALISMO: INDISPENSÁVEL!

A ética do jornalista, é a mesma do marceneiro. Não existe uma ética específica para o jornalismo e outra para a vida pessoal. Se aceitarmos baixarias em nossa vida pessoal, teremos atitudes baixas quando praticarmos jornalismo, porém se gostamos das coisas corretas, se não admitimos passar por cima de tudo e de todos, estaremos sujeitos a ter uma carreira séria e com a ética necessária para sermos respeitados por todos.
Precisamos ter muito cuidado quando formos expor uma denúncia ou um fato. Podemos citar como exemplo desastroso, o caso da Escola de Base (ocorrido na década de 80), em que seus proprietários e professores foram acusados por alunos de abuso sexual. Um delegado muito afoito por aparecer, soltou a notícia sem antes investigar para apurar a veracidade dos fatos e, no final da história, eram todos inocentes. O suposto abuso, não passara de invencionice da imaginação fértil de alguns alunos. Provar a inocência das pessoas, de nada adiantou; suas vidas já estavam destruídas, seus sonhos viraram pesadelos.
Por isso, quando formos publicar uma notícia, precisamos checar, de preferência, várias vezes e com fontes diferentes, para não cometermos erros primários.
É melhor retardar a publicação de uma notícia, que causar mal estar ou, até mesmo alguma conseqüência mais drástica.
O poder da mídia é incomensurável, e com o poder, temos sempre que tomar cuidado. Quando mal exercido e em conjunto com atitudes inconseqüentes, podem fazer muito mal para toda a sociedade. Nossa profissão exige muita ética e isso só conseguiremos quando tivermos plena consciência de nossa cidadania. É necessário muito preparo para exercer o poder, pois, às vezes nos leva às alturas ou nos joga nas areias movediças dos erros, que se caímos, nunca mais conseguimos sair.