quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Semana da Juventude encerra com Show Cultural



Edione Nóbrega

A I Semana da Juventude de Equador continua com sua programação até sexta-feira. Na última terça-feira, às 19h, aconteceu uma grande gincana cultural na Praça de Eventos Zequinha Sanfoneiro e participaram as cidades do Tenório, Paraíba, e Equador. A vitória ficou por conta dos jovens de Equador.
Ontem foi a vez do esporte, que às 17 horas deu início ao grande Torneio de Futsal, no Ginásio Poliesportivo “O Gilsão” e o grande vencedor do torneio foi o time da Igreja Batista, representando o município de Equador, que venceu por 2X1 do time da cidade de Junco do Seridó, Paraíba.
Hoje das 8h às 11h e das 14h às 17h acontecem oficinas de artes e embalagem com material reciclado na Casa das Famílias e amanhã a partir das 19h, na Praça de Eventos grande Show Cultural com participação da cidade de Junco do Seridó. É o município de Equador, através da Prefeitura Municipal, trabalhando na valorização da Cultura e do Jovem.

I Fórum Municipal de Esporte, abre programação da Semana da Juventude



Edione Nóbrega

A Prefeitura Municipal de Equador e Secretaria Municipal de Assistência Social, através da ação do Projovem Adolescente/Casa das Famílias, estão realizando a I Semana da Juventude de Equador. Dentro da programação várias ações estão sendo desenvolvidas.
As ações são de muita relevância e para iniciar com chave de ouro o I Fórum Municipal de Esporte abriu a programação do evento, que contou com a participação do articulador de políticas para a juventude, Ismael Medeiros, do município de Acari, que proferiu a conferência de abertura e teve como tema: “Protagonismo Jovem no Século 21”.
Após a cerimônia de abertura foi realizada uma mesa redonda com profissionais do município de Equador, ligados ao tema em evidência como: Diretrizes do Esporte: Uma Visão das Políticas Esportivas no País, a partir do documento final da I Conferência Nacional do Esporte (CNE), de 20 de junho de 2004, com o esportista Elenilson Balduino e os malefícios trazidos pelas drogas e pela falta de orientação na hora de praticar uma atividade esportiva.
Os benefícios da prática correta nos esportes e uma visão técnica sobre os benefícios do esporte foi explanação do professor de Eduação Física Crizaldo Marcelino e as ações esportivas desenvolvidas no município de Equador foram apresentadas pelo coordenador municipal de Esportes Francisco Paulo Neto (Paulinho Viana).
Após a mesa redonda foram formados grupos de debate, onde surgiram ações a serem desenvolvidas para 2010 na área de esporte. Formou-se uma comissão com dez pessoas observando a representatividade para articularem estas e outras ações que forem surgindo.
Cerca de setenta pessoas participaram, representando os diversos segmentos da comunidade (Educação Municipal e Estadual, Assistência Social, Poder Público, representantes do esporte, entre outros).
De acordo com informações de Ana Etelvina, coordenadora da Casas da Família, a partir das ações propostas, será montado um calendário de ações para o próximo ano. “Sentimos a falta do Poder Legislativo que não teve representatividade”.
Outras ações não menos importantes serão desenvolvidas até a sexta-feira dia 23, encerrando com um show cultural na Praça de Eventos Zequinha Sanfoneiro. “Estamos trabalhando para que a juventude equadoense faça o seu protagonismo e construa a sua história”, afirma Ana.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

OPOSIÇÃO USA AGENTES DE SAÚDE PARA SE PROMOVER

Edione Nóbrega
Mais uma vez uma orquestra política está sendo comandada pela oposição, em Equador. Desta vez os agentes Comunitários de Saúde do município, ex-cabos eleitorais e ex-diretor do hospital na gestão anterior, estão enfurecidos devido ao corte de R$ 281,00 em seus salários, repassados, ilegalmente, pela administração passada.
Segundo informações do Departamento Jurídico da Prefeitura, nenhuma verba pode ser repassada integralmente em dinheiro e foi assim que aconteceu com os agentes de saúde do município. Segundo ainda o Jurídico, todas as gratificações ilegais estão sendo cortadas, não só da saúde, mas de todas as secretarias e cabe a quem se sentir prejudicado reivindicar.
A Prefeitura implantou, legalmente, esse ano, uma gratificação de insalubridade de R$ 90,00 para os agentes de saúde que até então não existia e está tentando fazer o seu trabalho. A atual administração está ciente de seu dever e os agentes comunitários de saúde serão tratados como funcionários que são e não como políticos.
De acordo com informações passadas pela administração da Prefeitura, o que existe é uma pressão dentro do grupo com os agentes de saúde, pois uma agente vive em depressão, tomando remédio controlado, por ter sido pressionada pelo grupo da oposição.
Ainda, segundo informações do Setor Jurídico, os que estão fazendo a confusão foram cabos eleitorais do ex-gestor, na campanha passada e o presidente do Sindicato, Joadir Gomes, era diretor do Hospital Materno Infantil, cargo que não podia exercer legalmente. A prefeitura sabe que esse é mais um movimento encabeçado pela oposição que não se conforma com o resultado do pleito, pois já entraram com ação na Justiça contra a Prefeitura e cabe a eles reivindicarem seus direitos e à Prefeitura acatar se for o correto.